CONHEÇA NOSSA HISTÓRIA

São mais de 20 anos ensinando o verdadeiro Jiu Jitsu.

HISTÓRIA DO JIU JITSU

separador.png
23131799_10214024912007171_2270949252505451098_n.jpeg

NO BRASIL

separador.png

 

 

 

Em 1920 o campeão japonês de Jiu-Jitsu, conde Maeada Koma, desembarcou no Brasil e recebeu ajuda do Sr. Gastão Gracie para se estabelecer em Belém do Para. Em forma de agradecimento, ensinou ao filho mais velho de Gastão Gracie o Jiu-Jitsu. Carlos Gracie rapidamente dominou as técnicas do Jiu-Jitsu, e tão logo começou a lecionar.

 

Mas foi seu irmão mais novo Hélio Gracie, que desenvolveu o Jiu-Jitsu a ponto de o esporte hoje, ser reconhecido como a arte mais eficaz de luta do mundo. Hélio, com seu corpo franzino e saúde comprometida, era capaz de vencer adversários infinitamente mais fortes e pesados, provando assim que a técnica prevalece a força.

 

 

 

 

23172678_10214024911727164_5067115469340401837_n.jpeg

 

 

 

 

O Jiu-Jitsu é uma arte marcial milenar que tem sua origem há mais de 2500, existem muitas versões e histórias a cerca de sua real origem, no entanto, uma das mais fortes é de que o Jiu-Jitsu fora criado por monges budistas.

 

Estes monges sofriam constantes violências de outros povos, e devido a crença budista não permitir uso de armas letais para se defender, os monges desenvolveram uma técnica de defesa pessoal baseada nos movimentos dos animais.

 

Anos mais tarde, está técnica chegou ao Japão, e logo fora adotada pelos samurais, exímios guerreiros que tinham como principal função defender seus senhores, até mesmo sacrificando suas próprias vidas.

 

 

 

 

23561786_1977551425856483_4441261920085932415_n.jpeg

 

EQUIPE BARÃO JIU JITSU

 

separador.png

A equipe Barão Jiu Jitsu foi criada pelo Mestre faixa Coral sétimo grau Roberto Barão no ano de 2000.

 

Hoje a equipe conta com academias espalhadas no Brasil e Holanda.

 

 

 

23131993_10214024914247227_8237582497516685431_n.jpeg

MESTRE ROBERTO BARÃO

separador.png

Mestre Luiz Roberto Barão é faixa preta do grande mestre George Gracie e seu pai, Ico Barão. Seu pai foi o primeiro faixa-preta de George Gracie fora da família Gracie, em 1942.

 

Depois de vir para São Paulo, George Gracie conheceu um time de futebol conhecido por ser bom de luta, onde jogava o pai de Roberto Barão. Após ser apresentado, George perguntou se ele conhecia o Jiu-Jitsu, o pai de Barão disse que só conhecia Boxe. Após uma rápida luta contra George Gracie, onde Ico Barão não conseguiu fazer nada contra ele, decidiu praticar o novo esporte. Os dois abriram a primeira academia Gracie no bairro do Brás, em São Paulo, onde davam aulas de jiu-jitsu juntos.

 

foto_di.jpeg

 

Desde os primeiros passos Luiz Roberto Barão já estava no tatame, nascido em 1962, sua primeira medalha de jiu-jitsu foi em 1966. Sempre treinou com George e seu pai, até que os dois faleceram em 1983, o que resultou no fechamento da academia do Brás. Depois daquele ano, Barão treinou em diferentes escolas, com o mestre Silvio Behring em São Paulo, e devido às frequentes viagens ao Rio de Janeiro, com Rolls e Carlson Gracie no Rio.

 

Na década de 90, Fabio Gurgel veio para São Paulo e o mestre Romero Jacaré o indicou para o Barão. Os dois abriram junto com o mestre Flavio Behring uma academia no Morumbi, da equipe Master Jiu-Jitsu. Em 1994, Jacaré sugeriu a Fabio e Barão a formação de uma equipe mais forte e unida, e nesse ano fundaram juntos a equipe Alliance Jiu-Jitsu. Na Alliance, Barão ensinou e treinou com grandes nomes do Jiu-Jitsu Brasileiro como Leo Vieira, Fernando Terere, Demian Maia, Marcelo Garcia, entre outros.

 

Em 2009, Barão decidiu caminhar sozinho e formou seu próprio time, o Barão Jiu-Jitsu. Atualmente o mestre leciona em Alphaville Tamboré.